Governo de SP reforça políticas públicas para pessoas com autismo

No Dia do Orgulho Autista, veja medidas que visam identificação, orientação e cuidados de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Em celebração ao Dia do Orgulho Autista, nesta terça-feira (18), a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD) reforça as principais ações conjuntas entre órgãos do Governo do Estado de São Paulo. As medidas visam a identificação, orientação e cuidados de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

No ano passado, durante o mês de Conscientização do Autismo, foi assinado pelo governador Tarcísio de Freitas o Decreto 67.634, instituindo o Plano Estadual Integrado para Pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo (PEIPTEA) definindo ações das Secretarias de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência; da Saúde (SES); da Educação (Seduc-SP) e de Desenvolvimento Social (SEDS) para efetivar políticas públicas e implementar cuidados para cerca de 460 mil pessoas com TEA.

Outra iniciativa sancionada pelo governador foi a promulgação da lei estadual 17.897/2024, que institui o cordão de girassol como símbolo para facilitar o reconhecimento de pessoas com deficiências não visíveis.

“Ter um governo que desenvolve políticas públicas para as pessoas com deficiência é fundamental para garantir que todos tenham acesso a oportunidades justas e um ambiente de respeito e dignidade.

Estamos dedicados a promover ações que celebrem as capacidades e o potencial de cada indivíduo

O Dia do Orgulho Autista reafirma o compromisso desta gestão em construir uma sociedade inclusiva e equitativa”, ressalta o secretário de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marcos da Costa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *